Café com Sustentabilidade

Temas ambientais que afetam diretamente a vida das pessoas. Informações e reflexões sobre as questões que estamos vivendo e como podemos ajudar a tornar o mundo um lugar um pouco melhor. Por Rafael Morais Chiaravalloti

Limited Open Access: Um novo modelo de conservação da natureza

Limited Open Access: Um novo modelo de conservação da natureza

Hoje, há certo consenso de que é preciso fazer alguma coisa para salvar a natureza. Mesmo os mais céticos não podem negar que, atualmente, existe uma quantidade de árvores um pouco menor do que no dia em que Pedro Álvares Cabral pisou pela primeira vez por aqui. Alguma coisa tem que ser feita. No entanto, como fazer isso, ou seja, como salvar a natureza, tem sido motivo de longas brigas e discussões. Muitas vezes, mais fervorosas que de grupos de WhatsApp discutindo as eleições de Continue lendo

Sustentabilidade: Entre o 2 e o 3, existe o 2,5

Sustentabilidade: Entre o 2 e o 3, existe o 2,5

Não é preciso ser o melhor para realizar coisas incríveis. O que se deve fazer é pensar diferente. Sobretudo ao trabalhar com sustentabilidade. Publicado originalmente pelo Instituto Ethos, em 28/01/2014 Eu nunca fui o melhor em nada. Desde muito pequeno faço esporte, mas jamais ganhei o primeiro lugar. Embora tenha estudado em mais de sete escolas durante minha adolescência, jamais tive as melhores notas. Após o colégio, mesmo com um ano de cursinho, não passei nos melhores vestibulares. Na faculdade, sempre fui mediano e, durante Continue lendo

O mundo das empresas e comunidades tradicionais no Pantanal: Problemas distintos, soluções semelhantes

O mundo das empresas e comunidades tradicionais no Pantanal: Problemas distintos, soluções semelhantes

por Rafael Morais Chiaravalloti e Claudio Valladares Pádua Pantaneiros e empresários são pessoas muito diferentes. Talvez ambos se encontrem em alguma pescaria nas férias de julho no meio do Rio Paraguai, em que a canoa de um cruza o barco do outro. Até agora, provavelmente, a comunicação tem se resumido a um aceno de mão. No entanto, as novas teorias econômicas e sociais têm mostrado que uma pequena conversa entre os dois poderia ajudar os visitantes do Pantanal a revolucionar o mundo dos negócios. Basicamente, Continue lendo

Quando o errado “dá certo” ou Dinheiro não é tudo na vida

Quando o errado “dá certo” ou Dinheiro não é tudo na vida

Há uma semana, publiquei um artigo científico na revista Journal of Fisheries Management and Ecology. No entanto, o artigo saiu complemente diferente do que eu imaginava quando comecei a pesquisa. Ele simplesmente deu um resultado oposto daquilo que eu previa. Embora no começo acreditasse que iria ser excomungado pela minha orientadora, hoje eu vejo que o resultado negativo se tornou algo muito mais interessante. Ou seja, agradeço aos Deuses da Ciência por a minha pesquisa ter dado errado. Eu faço a minha pesquisa no Pantanal, Continue lendo

Conflitos com Terras Indígenas, brigas entre Unidades de Conservação e comunidades tradicionais, fazendas e o direito de propriedade – o que isso tem a ver e o porquê de tanta confusão?

Conflitos com Terras Indígenas, brigas entre Unidades de Conservação e comunidades tradicionais, fazendas e o direito de propriedade – o que isso tem a ver e o porquê de tanta confusão?

A posse da terra A definição de direito de propriedade ou posse da terra é considerado um dos eixos mais importantes de sustentabilidade. Praticamente todas as agências de desenvolvimento do mundo apontam como a chave para atingirmos um futuro melhor. A FAO diz que isso irá acabar com a fome; a ONU, com parte das guerras; e o governo brasileiro, com o desmatamento na Amazônia. Não apenas governos acreditam nisso, muitos cientistas acreditam que a definição do título de propriedade da terra seja a bala de Continue lendo

O caminho da felicidade

O caminho da felicidade

Buscar a felicidade é um ponto em comum entre praticamente todos os seres humanos. No entanto, os desafios que cada um está disposto a enfrentar para alcançá-la são muito diferentes. Digo isso porque hoje me deparei com uma história que me fez me perguntar por que demoramos tanto para tomar escolhas de que já sabemos a resposta há muito tempo. Tudo começou com um voo da LATAM que desceu na cidade errada. E após reembarcarmos para o destino, o avião não ligava. Dizem que, na vida, Continue lendo

Aracuãs, jacutingas e mutuns: os grandes semeadores do Pantanal

Aracuãs, jacutingas e mutuns: os grandes semeadores do Pantanal

“Quem aperta o botão do amanhecer é o aracuã”. Assim o grande poeta pantaneiro Manoel de Barros (1916-2014) imortalizou a curiosa algazarra promovida diariamente pelos aracuãs na alvorada. Os “despertadores” pantaneiros fazem parte da família Cracidae. Este é um grupo aparentado com as galinhas, que ocorre apenas na região Neotropical. No Brasil, a família conta com 24 espécies, mas apenas seis delas podem ser encontradas no Pantanal. São elas: o aracuã (Ortalis canicollis), os jacus (Penelope superciliaris e P. ochrogaster), o mutum (Crax fasciolata), a Continue lendo

A vida e o biólogo

A vida e o biólogo

Foto: A. Siqueira Na vida, há sempre algo novo. Não importa o quanto já vivemos, o dia seguinte ainda reservará suas surpresas. Uma nova figura, um novo sentimento, até mesmo uma tecnologia… viver é o exercício da novidade. A natureza também se apresenta devagar. O número de espécies que ainda não descobrimos ultrapassam aquelas de que temos conhecimento. E mesmo aquelas que já foram catalogadas, de poucas temos certeza sobre o que realmente são. Os padrões da natureza são um grande quebra-cabeça que a cada Continue lendo

Achismo, fakenews e não-notícia sobre meio ambiente: os peixes do Pantanal

Achismo, fakenews e não-notícia sobre meio ambiente: os peixes do Pantanal

Comecei minha carreira como biólogo no Pantanal. Lembro-me de que a primeira coisa que ouvi foi que a população local de peixes tinha sido dizimada. O que se ouvia é era que o rio tinha sido devastado pelos pescadores profissionais. Como um biólogo tentando salvar o mundo, eu fui facilmente convencido dessa ideia. No entanto, eu não fui convencido sozinho. A ideia se espalhou por toda a região, e tomadores de decisão começaram a estabelecer medidas para proteger os peixes do Pantanal a qualquer custo. Continue lendo