Mata Atlântica perdendo seu predador de topo?

Nesta conversa, os biólogos Vinicius Rodrigues e Fernando Lima falam sobre o artigo A biodiversity hotspot losing its top predator: The challenge of jaguar conservation in the Atlantic Forest of South America. O trabalho foi publicado nas “Scientific Reports”, da Nature.

Lima, autor deste artigo, conta que a ideia que originou o trabalho surgiu em 2013. O manuscrito foi discutido e revisto no Brasil e na Argentina, presencial e virtualmente, com a liderança do Dr. Agustin Paviolo, que conseguiu reunir e lidar com as revisões e diferentes perspectivas de nada menos que 29 colaboradores. Pelo IPÊ, Fernando Lima e Laury Cullen Jr. contribuíram.

As bases de dados utilizadas serão disponibilizadas publicamente no servidor do LEEC – UNESP, Rio Claro (SP, Brasil).

 

4 Comentários


  1. É lamentável o que está acontecendo com a nossa mata. Muito triste saber da extinção de vários animais devido a ação do homem. Até quando estaremos nesta situação. Eu lhes pergunto, existe alguma coisa que podemos fazer como cidadão comuns para reverter esse quadro?

    Responder

  2. Com colaboração se chega bem longe. Muito legal essa parceria, dessa forma poderão alcançar grandes objetivos. Parabéns pelo seu trabalho.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.