Novo Zoneamento da APA Ilha Comprida

Desde agosto de 2015, a Fundação Florestal e o IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas vêm trabalhando no desenvolvimento do plano de manejo da Área de Proteção Ambiental Ilha Comprida — APAIC (SP), que tem previsão de término em 2016. O documento reunirá informações sobre a fauna, flora, meio físico e aspectos socioeconômicos locais, e determinará normas de uso e ocupação do território, seu zoneamento e programas e ações prioritárias, com base em seus objetivos de criação.

A partir de março deste ano, os esforços da equipe passaram a ser direcionados para o estabelecimento do novo zoneamento da APA, uma versão revisada e atualizada do zoneamento previsto no Decreto no 30.817/1989. O objetivo foi desenvolver um bom instrumento de ordenamento territorial que auxilie a gestão através do estabelecimento de normas e usos diferenciados para cada região da APA, segundo suas características e aptidões.

Entre as atividades realizadas esteve a oficina de pré-zoneamento, que ocorreu dia 18 de março na Associação de Moradores e Amigos do Bairro Pedrinhas, em Ilha Comprida. A oficina teve como objetivos:

  • apresentar o resultado das oficinas de diagnóstico;
  • elaborar a visão de futuro da APAIC, baseada em estratégias e alvos de conservação definidos em oficinas anteriores, e
  • colher contribuições dos participantes em relação ao zoneamento da APA.

O público foi diversificado, e contou com a participação de 98 pessoas, sendo 55% moradores locais, 10% representantes de entidades governamentais, 24% não governamentais, e 11% representantes da equipe técnica do plano de manejo. A maioria pertencia à população local representando diversos bairros e comunidades da Ilha Comprida.

Oficina pré-zoneamento APAIC
Oficina pré-zoneamento APA Ilha Comprida

A partir da oficina, foi possível identificar as percepções dos diferentes atores sociais que se relacionam com a APA sobre a visão de futuro da unidade de conservação. Destaca-se que, embora os interesses sejam diversos, foi possível constatar o amplo reconhecimento sobre a importância ambiental da área e sua influência na qualidade de vida. A atividade com mapas temáticos permitiu espacializar informações relevantes sobre áreas prioritárias para preservação e recuperação, ocorrência de espécies importantes de fauna e flora, áreas de relevância para o extrativismo, necessidades de infraestrutura, áreas potenciais para o turismo, e usos conflitantes com o atual zoneamento e com a categoria APA.

A equipe do plano de manejo considerou que foi possível obter uma boa contribuição relacionada aos anseios da população em relação ao novo zoneamento da Ilha, resultados que serão incorporados às demais discussões e etapas de trabalho do plano de manejo.

Os interessados em participar das futuras oficinas de planejamento poderão entrar em contato com o IPÊ e conversar com Jussara Reis – [email protected] e Giovana Dominicci – [email protected], telefone (11) 99642-5360; ou com o Escritório da Fundação Florestal em Iguape (SP), pessoalmente ou por meio dos seguintes contatos: [email protected]; telefone (13) 3841-2193.

Mais informações:

Angela Pellin – Pesquisadora e coordenadora de projetos do IPÊ e coordenadora do plano de manejo da APAIC.
[email protected]

Gestão da APAIC
Fundação Florestal/SMA. Praça São Benedito, 110 – Centro, Iguape/SP
[email protected]
Tel: (13) 3841-2193

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *