Por que fazer um MBA?

Por Profª Drª Rosa Maria Fischer

A sigla MBA significa Master in Business Administration, isto é, um curso de administração de negócios em nível de pós-graduação. Estes cursos surgiram nas universidades anglo-saxônicas para capacitar pessoas que querem se dedicar profissionalmente à gestão de organizações, em especial as empresas.

Nos anos 90, as escolas de administração brasileiras começaram a copiar o modelo MBA para preencher uma lacuna de oferta de programas de pós-graduação para profissionais que desejavam continuar os estudos e se aperfeiçoar, porém não desejavam percorrer uma carreira acadêmica voltada à formação de docentes e pesquisadores.

O sucesso desses cursos — que abrigavam pessoas graduadas em diferentes formações profissionais — provocou uma ampliação da oferta, que os levou a incorporar as diversidades de atuação: MBA em Finanças, MBA para Engenheiros, MBA em Saúde etc. Isto porque, nas mais diferentes carreiras profissionais, as pessoas atuavam em organizações complexas, e precisavam de conhecimentos e competências próprias da Administração.

Com o estímulo ao empreendedorismo, esses cursos passaram a atender as necessidades de informação, conhecimento e treinamento também daquelas pessoas que tinham o desejo de criar um empreendimento, mas não tinham desenvolvido as competências requeridas.

É nesse contexto que, na virada do milênio, surgiram os primeiros cursos voltados para desenvolver gestores e empreendedores que desejam dedicar-se à gestão de organizações inovadoras, como os empreendimentos socioambientais e os negócios de impacto social.

Baixe o PDF e Entenda o Que São Negócios Sociais


Por que Cursar o MBA em Gestão de Negócios Socioambientais?

Este curso é oferecido pela ESCAS/IPÊ em parceria com o CEATS/USP – Núcleo de Cultura e Extensão da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo.

Seu objetivo é formar, em nível de pós-graduação, pessoas interessadas em se dedicar a empreendimentos que compatibilizam a geração de valor econômico com a geração de valor socioambiental.

Para tanto, o conteúdo programático agrega conhecimentos teóricos e aplicados das áreas de Administração, Economia, Sociologia, Gestão Ambiental, Sustentabilidade e Empreendedorismo, numa abordagem inovadora voltada para os desafios de novas alternativas de atuação para empreendimentos socioambientais. Tópicos importantes, tais como Modelos de Gestão, Avaliação de Projetos, Avaliação de Impactos, Inovação, Gestão de Pessoas, e Marketing e Finanças são trabalhados com fundamentação rigorosa, estudos de caso e recursos didático-pedagógicos que propiciam a aprendizagem ativa.

A vivência em um grupo cuidadosamente selecionado de alunos, durante os 18 meses de aulas presenciais e atividades participativas, descortina oportunidades de desenvolvimento pessoal que vão muito além do simples acúmulo de conhecimentos. O contato com especialistas de cada área do conhecimento abre os horizontes de realização profissional, sinalizando, principalmente, para os novos tipos possíveis de empreendimentos.

Os formandos do MBA em Gestão de Negócios Socioambientais são pessoas que acreditam nas possibilidades de atuar na transformação da realidade, com base em ações de desenvolvimento sustentável.  E que estão materializando essas crenças em atividades profissionais e em empreendimentos inovadores!

Se você tem interesse em aprender mais sobre novas formas de atuação profissional comprometida com o valor socioambiental, descubra agora tudo o que você precisa fazer para se tornar aluno da próxima turma do MBA em Gestão de Negócios Socioambientais, que começa em abril de 2017.

MBA em Gestão de Negócios Socioambientais: Faça Sua Inscrição

Reserve agora mesmo o seu lugar no Processo Seletivo. As inscrições ficarão abertas somente até o dia 3 de fevereiro de 2017!

 

***

Rosa Maria Fischer é Coordenadora do MBA em Gestão de Negócios Socioambientais ESCAS/IPÊ. Professora titular da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo; com livre-docência pela Faculdade de Administração, doutorado em Ciências Políticas e mestrado em Ciências Sociais pela faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Fundou e dirige o CEATS – Centro de Empreendedorismo Social e Administração em Terceiro Setor, programa institucional da FIA – Fundação Instituto de Administração; onde coordena o MBA Gestão e Empreendedorismo Social e os cursos de especialização em Responsabilidade Social e Terceiro Setor e o de Avaliação de Projetos e Programas Sociais. Tem assento nos Conselhos da Fundação Itaú Social, do Fundo Itaú de Excelência Social (FIES), da Fundação Jari, Centro Ruth Cardoso (CRC), do Centro de Estratégias para Organizações Sociais (CEOS) e da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da Universidade de São Paulo. Co-fundadora do SEKN – Social Enterprise Knowledge Network, rede ibero-americana de universidades coordenada pela Harvard Business School.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.