A vida e o biólogo

Foto: A. Siqueira

Na vida, há sempre algo novo. Não importa o quanto já vivemos, o dia seguinte ainda reservará suas surpresas. Uma nova figura, um novo sentimento, até mesmo uma tecnologia… viver é o exercício da novidade.

A natureza também se apresenta devagar. O número de espécies que ainda não descobrimos ultrapassam aquelas de que temos conhecimento. E mesmo aquelas que já foram catalogadas, de poucas temos certeza sobre o que realmente são. Os padrões da natureza são um grande quebra-cabeça que a cada dia cientistas preenchem com novas peças. Isso sem contar que a natureza que vemos hoje é diferente daquela de amanhã.

Por isso digo que a nossa vida e o estudo da natureza são iguais. São dois mundos que se encontram e se misturam, e um provavelmente não vive sem o outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *